Maratona

31 de maio de 2010
Imagem: Getty Images

Semana passada fizemos um super tour com a Erica para conhecer alguns espaços para eventos nas proximidades da Catedral Anglicana que ainda não conhecíamos. E foram seis em uma tarde só. Os indicados foram:


O Villa Noah Embratel a gente já conhecia e até comentou aqui. É um espaço rústico chique, com um quê moderninho para proporcionar maior conforto e segurança para os convidados e tem buffet próprio. O noivo gostou bastante.
Marcio: Pode ser, nee..

Cris: É... talvez...

O Club Transatlântico a gente também conhecia por ter ido em um casamento que, coincidentemente, teve a cerimônia na Catedral Anglicana. Serviço de buffet próprio, salão retangular grandão mais tradicional, mais do gosto da noiva.
Marcio: Normal...

Cris: Ah... eu gosto...

O Espaço Mermier havia sido eliminado da nossa lista porque o noivo não gostou das fotos do site nem dos comentários que viu por aí, na web. Confirmamos a suspeita.
Cris: E aí?

Marcio: Feio.
O Espaço Wynn não cobra a locação do espaço que, aliás, tem uma linda vista da Marginal Pinheiros, mas tem serviço de buffet próprio que é mais caro. O Grand Estanplaza, que é um hotel que fica ao lado, também não cobra locação mas tem buffet caro. Ele é bem bonito, tem um ar Paris, mas talvez seja ideal para um mini wedding e não um casamento tradicional.
Cris: Bonito, nee...

Marcio: É... mas não.
Ufa! Terminamos. Ah! O Clube Hípico de Santo Amaro não foi considerado porque não encontramos um lugar onde poderia ser realizado um casamento. Heim?! Existe um restaurante e um casarão nas dependências do clube mas não conseguimos imaginar como seria a montagem de um casamento nesses lugares e não encontramos o responsável no local. Talvez numa outra oportunidade.

Foi um tanto cansativo mas foi bom para afunilarmos nossas opções. Algo me diz que estamos perto de fechar o espaço... hummm...

Imagem: Getty Images

Matéria sobre casamentos do Bom Dia Brasil (28/05/2010)

29 de maio de 2010

Casamentos custam R$ 2 milhões e ainda assim causam muito estresse
Em um sábado de cerimônias em São Paulo, são usados 1,4 milhão de flores, 200 mil bem casados e são empregados 9 mil garçons.

Trechos da matéria:
Dois milhões de reais é bastante dinheiro. E olha que tem gente que desembolsa muito mais do que isso por uma festa inesquecível de casamento.

(...)

Vazio, uma sensação estranha. A arquiteta Gabriela Campana não sabia bem o que era, mas a balança mostrava que tinha algo errado: dez quilos a mais, dois meses depois da lua de mel. Detalhe: sem gravidez.

"O estresse é tão grande depois, porque durante é tudo tão lindo, tão perfeito, mas depois quando a gente volta da lua de mel, todo aquele estresse que você passou vem junto", compara Gabriela.

Para elas e, inclusive, para eles. Não dá para virar essa página assim de uma hora para outra?

"Não. Foi muito legal. Pode parecer clichê, mas é literalmente a realização de um sonho. Homem também tem sonho de casar", admite um noivo.


Se o sonho realizado foi aquele "guardado" por muito tempo aí fica ainda mais difícil.

"Não tem cursinho preparatório. Dizem que 5% das depressões pós-casamento estão relacionadas a esse choque. Somado a esse fato o casamento traz um contato com as responsabilidades", aponta a psicoterapeuta Karina Haddad.

(...)

Toda a preparação pode ser especial, com direito a assessor que transforma cerimônias em superprodução. Não há limite para a indústria do casamento.

(...)

"Hoje tem transmissão por internet, tem a parte de imagem que é muito forte. Antes tinha uma preocupação maior com a comida agora é uma coisa muito mais visual. Tem casamentos em que já foram gastos R$ 2 milhões", afirma o assessor de casamentos Duda Carvalho.

(...)

Nessas horas a noiva mão-de-vaca que vos escreve solta um suspiro profundo, acha que não é necessário uma superprodução para celebrar seu casamento, que é um exagero certas coisas que as pessoas fazem com a desculpa de ser "o momento mais importante de nossas vidas" e que muita gente se deixa levar pela mídia, pelos fornecedores e principalmente pelas outras pessoas e acaba transformando o casamento em um mega-evento para agradar os convidados apenas, porque os noivos mesmo quase não aproveitam o dia que prepararam com tanto trabalho e investimento.

Bom, mas vou lá apostar na Mega-Sena... só para garantir...

Lua- de-mel parte 2

28 de maio de 2010
.
Bom dia,

Enquanto o casal anda indeciso sobre as escolhas da festa de casamento, já decidimos nosso destino da lua- de -mel: França! Viva!!
Pois é, e não será praia, nem montanha. Será a Provence!!


Quem já assistiu ao filme "Um bom ano" do Russel Crowe lembrará daqueles vilarejos charmosos com os campos de lavanda, os mercados locais, tudo de bom.
Imagens: Getty Images

Comprei meu guia de viagem, vou pesquisar no tripadvisor...já estou incorporando o agente de viagem.

Vou postando o que achar de legal por lá .

Abraços,

Marcio

Produtos para noivas

27 de maio de 2010
Imagem: Getty Images

A Cris não é muito chegada em maquiagem... é curiosa mas não leva jeito prá coisa. Só nos dias que vai atender ou quando tem "eventos sociais" como jantares e casamentos arrisca um batom ou máscara de cílios. No dia-a-dia, só lip balm (aqueles da Nivea) e de veeeez em quando um pozinho para segurar a oleosidade.

Mas tem um item que ela gosta muito: esmaltes de unha. Desde a faculdade, quando começou a atender e queria parecer mais adulta e "mais séria" começou a fazer as unhas em casa mesmo. Foi nessa época também a primeira vez que foi à manicure com a outra Cris, saiu de lá toda "picotada" e pensa duas vezes antes de fazer as unhas em salão: um pelo medo dos picotes e outro porque é mulquirana e prefere o estilo DIY* de vida.

Normalmente só usa cores clarinhas: o famigerado Renda e Paris da Risqué são seus preferidos (do Marcio também), mas de uns tempo prá cá está arriscando rosinhas e beginhos sem muito sucesso. Ainda demora muito para fazer as unhas sozinha e nem sempre elas ficam como as feitas por manicures, mas tem melhorado bastante nessa arte.

E tem um moooonte de blogs legais sobre esmaltes! Os que ela mais gosta são o Mão Feita, o Nosso Vício, o 9ml... tem muitos outros... aliás, tem blog sobre tudo quanto é assunto, nee... mas hoje vamos falar só sobre esmaltes para não ficar um post muito grande.

Foi passeando por esses blogs que ela descobriu que existem esmaltes para noivas! Na verdade são coleções inteiras, com nomes bem sugestivos e com cores para agradar todos os tipos de noivas (ou quase todos). Do que ela sabe, existe a linha The Wedding Collection da americana essie, que cada um custa US$8,00 no site e a linha Noivinhas da Ana Hickmann por aproximadamente R$2,00 cada.

Imagem: essie

Imagem: Nosso Vício

Tudo bem que pode ser só uma desculpa das empresas para vender mais seus produtos, mas convenhamos que eles acertaram em cheio quando miraram esse "alvo fácil" que são as noivas, não acham? Cada dia que passa temos mais convicção de que esse mundo dos casamentos na verdade é uma máfia e os noivos são as pobres vítimas dos fornecedores. Certeza que quem começar a vender "batom para noivas", "perfume para noivas" ou "pasta de dente para noivas" vai lucrar bastante. Ou ainda "biscoito para noivas", "bolsa para noivas", "celular para noivas"... hummm... isso pode dar dinheiro... aí, só não esqueçam de pagar os royalties para Marcio e Cris, ok? ;)


* DIY: Do It Yourself = Faça você mesmo


Gula Gourmet, Espaço 7010 e Espaço Lisboa

26 de maio de 2010

O Espaço 7010 (lê-se: espaço setenta dez) é um dos anunciantes do Guia dos Noivos da Catedral Anglicana. Não sabemos qual é a relação que ele tem com o Espaço Lisboa, mas é o Gula Gourmet é o serviço de buffet que atende em ambos. Quando tentamos entrar em contato com o Espaço 7010 para pedir orçamento, recebemos a proposta do Gula Gourmet. Até então, não sabíamos que os espaços tinham relação e que o serviço era exclusivo do Gula Gourmet.

Quem nos atendeu foi a simpática Eliane.

Parêntesis da Cris
O Alex (vulgo "irmão da Cris") diz que é um absurdo ela achar vendedor simpático ou atencioso porque, na opinião dele, todo vendedor é simpático e atencioso porque são características que eles precisam ter para conseguir vender algo. Logo, chamar um vendedor de simpático seria pleonasmo (tipo "subir para cima" e "dupla de dois") e se basear nessa característica para fechar negócio, burrice. Não concordo! Não vou negar que já comprei coisa em loja só porque a vendedora era atenciosa (oi?), mas também já deixei de comprar justamente por não ter ido com a cara de um vendedor. Como boa taurina, acredito na minha intuição e na minha capacidade de identificar pessoas de "boa índole" para fazer negócios (mesmo já tendo quebrado a cara por isso).


Voltando à Eliane, marcamos uma reunião no Espaço Lisboa, já que estávamos por perto e ela estava disponível no dia. Ela apresentou o espaço e a proposta do Gula Gourmet e acabamos desencanando deles porque não gostamos de lá. No dia que fomos, ele estava desmontado e não nos atraiu, nem um pouquinho e, quanto ao Gula Gourmet, na semana seguinte conhecemos a Fernanda Villaboim (e o resto vocês já sabem). Mas, falando com a Jú Tachibana e a Erica que acham o lugar muito bonito e o serviço do Gula Gourmet ótimo, resolvemos dar uma segunda chance, já que está difícil encontrar um espaço sem serviço de buffet.

E qual não foi nossa surpresa ao descobrir que já haviam fechado o Espaço Lisboa para "o nosso sábado"! Gente, estamos ficando para trás... daqui a pouco não vamos mais ter opções! Aí que fomos correndo ver o Espaço 7010 que estaria decorado para um casamento e encontramos de novo a Eliane.

Pontos em comum: pelas fotos dos sites, ambos parecem ser bem maiores que ao vivo, apesar de serem projetados para acomodar 400 convidados sentados em jantar. O Espaço Lisboa fica atrás da Igreja do Calvário, grudado na Praça Benedito Calixto. Tem um auditório no prédio ao lado que pode ser utilizado para cerimônia religiosa e um hall de entrada bem amplo. Já o Espaço 7010 fica no "pé" da Ponte do Morumbi. O espaço é novo (a Eliane disse que só tem um ano), tem uma fachada clean de tijolinhos e um mezanino separado do salão por uma "super janela de vidro". As pessoas que se sentarem lá vão conseguir ver a festa mas terão menos barulho.

O Marcio conseguiu achar algumas marcas de sujeira nas paredes e disse também que o corrimão era meio feio. A Cris realmente não consegue ficar prestando atenção nesses detalhes dos espaços que visita. No Casa Petra foi a mesma coisa: a Cris ficou deslumbrada com o lugar e achou tudo lindo enquanto o Marcio achou umas rachaduras no piso. Nesse ponto, o Marcio é bem parecido com a Yumi que consegue encontrar pelo em ovo... ou defeitinho em porcelana. Ainda bem que a Cris tem eles para avisá-la nos momentos em que está encantada com a simpatia dos vendedores... ;)


Espaço 7010
www.espaco7010.com
contato@espaco7010.com

Avenida Morumbi, 7010
11.2807.4001

Espaço Lisboa
www.espacolisboa.com.br

Rua Lisboa, 890
11.3064.2755

Contato: Eliane



UPDATE: Fomos à uma degustação do Gula Gourmet aqui!

Estação São Paulo

25 de maio de 2010

Já ouviu falar do Estação São Paulo? Esse sim é o espaço perfeito!

Tijolinhos na parede, chão de madeira, salão de 600m² sem colunas ou divisórias, seeeeeeete metros (7m) de pé direito, lindo de morrer... a gente tinha gostado muito do Casa Petra, que também é maravilhoso, mas o Estação São Paulo, gente... apaixonamos! Foi exatamente o que o fotógrafo que estava no Aragon disse, de sentir um tchan, algo especial, sinos tocando, intuição gritando, tudo isso e mais uns coraçõezinhos brotando...!!

E no dia que fomos ele estava especialmente divino: decoração de revista de casamentos mesmo, com flores e mais flores por todos os lados, cadeiras Tiffany, lounges elegantes, velas penduradas... ai ai... mas com R$35.000,00 só de decoração não tinha como ficar "normal", não é mesmo? Aí, soma-se o valor da locação do espaço e... Cris e madrinhas vão ter que fazer multirão para fritar as coxinhas e enrolar os brigadeiros...

Em uma das reuniões com a Erica, percebemos que os gastos são proporcionais ao estilo e principalmente ao espaço onde será a festa: não dá para locar um espaço caro, ter cadeiras e mesas de plástico branco com um vasinho de margaridas em cima. Também não dá para ter um super espaço com uma super decoração e servir só coxinhas e brigadeiros. Precisa haver equilíbrio e compatibilidade entre todos os itens da festa para que seja bonita e harmoniosa.

Marcio: Tem um cara que faz ternos sob medida que chama Camargo.

Cris: Já ouvi falar. Mas o bambambam é o Ricardo Almeida, não é?

Marcio: Acho que é! Será que eles são como Emannuelle Junqueira e Wanda Borges são para vestidos de noiva?

Cris: Hummm... deve ser, nee... mas você está pensando em fazer um terno?

Marcio: É. Um terno eu posso usar depois em outras ocasiões, acho que é um bom investimento.

Cris: Pois é... e eu vou fazer o que com um vestido de noiva depois do casamento?! Por isso que acho melhor pedir para a Toninha fazer...

Marcio: ... quem é "Toninha"?!

Cris: A costureira que fez meu vestido de formatura! Na época foi R$250,00 com o tecido! Não deve ter aumentado muito e ela é um amor!

Marcio: Tá. Então eu vou com um Ricardo Almeida e você com um "Toninha"...

PS: O Marcio está aceitando indicação de estilista/costureira que tenha experiência com vestidos de noiva antes que a Cris feche com a Toninha, que é um amor mas não é especializada em vestidos de noiva.

Estação São Paulo
www.estacaosaopaulo.com.br
eventos@estacaosaopaulo.com.br

Rua Ferreira de Araújo, 625
Pinheiros São Paulo SP
11.3813.6355 / 11.3816.0477

Contato: Denise


Casamento & Detalhes

24 de maio de 2010

Sim. Nós já imaginávamos que planejar um casamento não seria tarefa tão fácil. E olha que Marcio e Cris ainda têm vantagens em relação à alguns casais por aí porque, além de estarem vendo tudo com mais de um ano de antecedência, até que são pessoas organizadas, têm gostos muito parecidos, têm famílias pequenas, não têm convidados que vão ter que vir de longe e se hospedar na cidade, vão casar em São Paulo que têm milhares de opções de espaços de eventos e buffets, etc.

MAS... depois que ticaram o item "igreja" da lista, empacaram. Escolher o cenário ideal da nossa festa não está facil. Aliás, está muito difícil! Se o espaço é interessante, ou o preço não ajuda ou é muito longe da Catedral Anglicana ou o buffet é caro. Se o preço é interessante, ou o espaço é pequeno demais ou vai demandar muita decoração ou é longe da Anglicana. E por aí vai...
Imagem: Getty Images

Cadê o espaço para eventos de fácil acesso, perto da Anglicana, que acomode confortavelmente todos os nossos convidados, que aceite serviço de buffet de fora ou que tenha um muito bom, que seja bem bonito, que tenha boa infraestrutura, que não tenha divisórias, colunas ou mezaninos, que tenha um preço razoável para locação e que seja perfeito? Cadê?!

Nisso já se foram dois meses...

Já fazia algum tempo que a Cris estava sondando algumas "assessoras de casamento"... o Marcio e muitas outras pessoas dizem que é importante sim ter uma assessora, mas no dia do evento. Que se vocês estão vendo as coisas com antecedência, se vocês têm tempo/paciência para pesquisar e se são minimamente organizados, nem precisa. Mas e se são noivos muito indecisos? E se eles empacaram? E se estão com medo de fazer "escolhas não tão boas"? Ah... aí precisa sim.

Mas, e aí? Como escolher uma assessora? Talvez a melhor forma seja por indicação, e os amigos casados de Marcio e Cris são as melhores pessoas para nos indicar pessoas e fornecedores, não acham? Mas foi xeretando blogs e sites de casamentos por aí que a Cris se deparou com o depoimento de um conhecido do Marcio no site de uma assessora. Diga-se de passagem, esse conhecido tem fama de ser super difícil e exigente com tudo, mas ele estava falando super bem dos serviços prestados.

Acho que deu para notar que estamos ficando "craques" em pedir orçamentos, não? A Cris pediu vários para o serviço de assessoria mas a Erica da Casamento & Detalhes foi a mais simpática e que nos deixou mais à vontade para conhecer seu trabalho. Muita gente fala que não passa orçamento por eMail, que tem que ser pessoalmente, e já vai querendo marcar entrevista e tal. Isso vale para todo tipo de fornecedor. Fica a impressão de que eles querem esse contato "ao vivo" para ver se conseguem vender seu peixe. Mas a gente não gosta muito desse jeito de trabalho.

E a Erica, mesmo antes de nos encontrarmos, já foi dando dicas e toques, além de ser super atenciosa e prestativa desde o primeiro momento.


É bom ter uma assessora porque:

- ela te dá opções conforme seu perfil e sua di$ponibilidade;
- ela te dá opções realistas de preços, localização e dimensão de espaços;
- ela conhece o funcionamento na prática de vários fornecedores;
- ela monta cronograma de tarefas e te faz agir e pensar quando está empacado;
- ela te conta os detalhes e surpresas que os fornecedores não contam antes de fechar contrato;
- ela tem várias histórais engraçadas (ou nem tanto) do que já vivenciou em casamentos;
- ela te corta as asinhas quando você está sonhando alto demais;
- ela te faz repensar seus preconceitos quanto a serviços ou determinados fornecedores;
- ela já viu muito mais casamentos que você e sabe o que funciona ou não;
- ela te dá mais segurança nas suas decisões;
- e é ótimo ter alguém com quem você pode tirar dúvidas, discutir e pensar soluções.

E olha que isso tudo a gente percebeu só nas primeiras reuniões. Optamos pela assessoria completa porque a Erica nos passa muita segurança e otimismo. É bom poder ter com quem contar, não? E ela é divertida, e é realista, e é sensata, e tem bom gosto, e é um amor de pessoa, e... enfim, a gente gostou bastante dela.

E a gente já teria que contratar alguma assessora para o dia. Por um pouco mais ela vai nos acompanhar em tudo, durante 14 meses! Se for dividir em parcelas mensais sairia bem menos que contratar um terapeuta de casal... espero que os terapeutas de casais e a Erica não leiam isso! Ah... mas de alguma forma ela acaba fazendo umas "sessões de terapia de casal" com os noivos que precisam entrar em acordo com o que vai ser o casamento deles, não é mesmo? Além de fazer anaminese, montar o setting, dar holding, impor limites, fazer aconselhamento... tá bom, tá bom, parei.

Para os mais "práticos" fica a dica: quando se vai fazer algo pela primeira vez (no caso, primeira e última, espero) é melhor investir em profissionais qualificados a fazer isso pois o resultado tem grandes chances de ser bem melhor que se feitos por leigos, por mais que você seja perfeccionista. E sendo o casamento um evento tão importante e único para nós, preferimos não arriscar.


Casamento & Detalhes
www.casamentoedetalhes.com.br

contato@casamentoedetalhes.com.br

tel: 11.7684.3032

Contato: Erica

Espaço Onix Eventos

21 de maio de 2010

O último espaço que fomos visitar no final de semana passado foi o Espaço Onix Eventos. Ele fica a 4 km da Catedral Anglicana, entre a Avenida Washington Luiz e a Avenida das Nações Unidas. Já havíamos cogitado conhecer o espaço mas desistimos porque dizia no site que o serviço de buffet era fixo. A Fernanda Villaboim tinha dado a opção de fazer nossa festa lá, aí achamos que as normas do buffet haviam mudado, mas acabamos conhecendo só agora.

Acontece que o local pertence à Érika Meira Gastronomia que comanda o serviço de buffet mas, conversando com a Silvana, que nos atendeu ao telefone e nos mostrou o local, descobrimos que, apesar do espaço ser da Érika, como ela só faz um evento por semana, a cozinha fica à disposição de outros serviços de buffets credenciados, e a Fernanda é um desses (ah... agora entendi!).

O espaço é bem aconchegante, todo em madeira e vime, chão em porcelanato clarinho, banheiros amplos e bonitos, iluminação agradável. Existe um salão principal, um mezanino para oito mesas e um salão que pode ser usado tanto para a cerimônia religiosa como para pista. Como os salões têm uma divisória, há possibilidade de fechar as portas enquanto acontece a cerimônia e remontá-lo para pista enquanto é servido o jantar para os convidados. no salão principal. Achamos que talvez fosse um pouco apertadinho para 300 convidados, mas a Silvana garantiu que consegue acomodar até 400 sentados + pista + lounge.

A locação do espaço sai por R$14.000,00, ele já vem com mesas e cadeiras para 300 convidados, limpeza, seguranças e taxa ECAD. A taxa de utilização da cozinha (quando não é um buffet credenciado) é de R$1.000,00 e as cadeiras extras, aproximadamente R$15,00 cada uma. O que nós não achamos muito prático é o tempo de locação: o valor é para seis horas de evento, contados a partir do momento que chegam os convidados. Como nossa cerimônia será às 17 horas, a contagem começaria às 18 horas e, a partir da meia-noite, seria cobrada uma taxa de 10% do valor da locação (no caso R$1.400,00) por hora extra de evento.

Sei... que nem em estacionamento que a gente paga x reais a primeira hora e y por cada hora extra. O Marcio não gostou nadinha da história e fez uma comparação com parto: "Então tá. Eu cobro x reias pelo parto, mas se o bebê não nascer em seis horas, vou cobrar 10% do valor por hora extra. E com a vantagem que eu decido quando vou querer começar a cirurgia!".

Um pouco exagerado mas faz sentido, não? Tudo bem que o serviço tenha um limite de horas, mas é o espaço, não o buffet, e seis é muito pouco, principalmente porque vamos começar cedo. Imagina se a gente vai ficar se preocupando com o horário na festa do nosso casamento! Ou pior, pedir para o DJ e o buffet começarem a terminar a festa porque não queremos pagar mais uma hora extra! Desculpa mas "não vai estar dando para estar fazendo isso".

Próximo!

Espaço Onix Eventos
www.espacoonixeventos.com.br
contato@espacoonixeventos.com.br

Av. Eng. Alberto de Zagottis, 853
Jardim do Golfe São Paulo SP
11.5524.6182 / 11.5072.6263

Contato: Silvana

Buffet Viko - Culinária e Produção

20 de maio de 2010

O responsável pelas comidinhas do "Quer casar com estilo" foi o Viko do Buffet Viko - Culinária e Produção. Ele esta na nossa lista "Indicados Categoria Buffet e Banqueteiros" mas não foi um dos finalistas, mesmo com as ótimas referências que tínhamos dele, simplesmente porque não respondeu nosso pedido de orçamento.

Aliás, isso aconteceu com vários fornecedores: Buffet Charlô (do Jockey Club de São Paulo), o Bônus Multiplicador do Social, o Snob Food, o Espaço Golf... assim, se não vai responder, melhor nem deixar o contato no site, não é mesmo?

Voltando ao Viko, a Yumi adorou a comida dele. Realmente é muito bem feita, com temperos leves e misturas inusitadas de ingredientes. A apresentação também era muito legal, com copinhos, pratinhos e tigelas diferentes. Uma coisa que o Viko disse em sua palestra é que, com a experiência, ele notou que as "cumbuquinhas" que Marcio e Cris tanto gostam, não fazem muito sucesso com os mais velhos e por isso ele usa pratos diferentes e até mesmo pratos de jantar para suas criações. A história das cumbuquinhas a gente tinha confirmado no casamento do primo do Marcio que teve esse tipo de serviço: os mais velhos não acharam muito legal e ficaram esperando pelo "jantar de verdade" (que nunca apareceu).

Já a Cris ficou meio na dúvida porque tinha muita comidinha agridoce que ela não gosta. A primeira e única vez que ela achou um lanche do McDonald´s ruim foi quando experimentou um sanduíche com molho de mostarda e mel. Pode ser chic, pode ser requintado, pode ser gourmet, mas a Cris, mesmo sendo a formiga que é, prefere as coisas bem separadas: o que é doce, é doce e o que é salgado, é salgado. Carne com mel, peixe com frutas, uva passa na maionese... não dá.

Bom, enquanto o Viko coordenava a cozinha, a Teresa, responsável pelos cardápios do buffet dele, veio falar com a gente. Nos mostrou fotos dos trabalhos já feitos, perguntou como seria nosso casamento e até deu dicas de espaços. Teve uma hora que a Cris perguntou se eles faziam comidinhas japonesas, tipo sushi e sashimi, e ela disse uma coisa muito legal que os outros buffets não disseram: que sushis e sashimis em casamento ficam parecendo montagem de churrascaria.


E não é que é verdade?!

A gente pensou que deveria ter comida japonesa para agradar nossos pais e parentes importados, mesmo que fossem só alguns sushis "para dizer que tava lá". Mas isso realmente estava encarecendo o preço do buffet porque normalmente é um serviço à parte, terceirizado. As opções são colocar uma "ilha japonesa" ao lado do buffet tradicional ou incluir os itens no coquetel, mas isso acaba subindo o preço em pelo menos mais R$30,00 por pessoa. Além do que, esses mesmos convidados importados já estão cansados de comer sushis e sashimis de boa qualidade nos milhares de restaurantes japoneses ótimos que existem em São Paulo. Para eles, os sushis que aparecerem no nosso casamento vão ter que ser super-hiper-gostosos para serem lembrados e, mesmo assim, vão estar concorrendo com as outras comidinhas, que nem no buffet de churrascaria.

Ainda não sabemos onde será nossa festa nem qual será o cardápio mas ainda não cogitamos churrascarias.

Buffet Viko - Culinária e Produção
www.viko.com.br

Rua General Eloy Alfaro, 67
Vila Mariana São Paulo SP
11.2858.9800 / 11.8418.7222

Contato: Teresa


Presente de casamento

19 de maio de 2010
Imagem: Getty Images

Domingo passado comemos sorvete, assistimos "Alice no País das Maravilhas" em 3D e jantamos no shopping. Fazia tempo que não tínhamos um "programa de namorados" assim... ultimamente a gente só se encontra para ver coisas sobre o casamento ou para eventos sociais... e o último filme que assistimos no cinema foi... hummm... "Julie & Julia"? Ah é... esse filme também foi baseado em um livro, que nem o da Alice... e a Cris leu os dois antes de ver os filmes...

No "Quer casar com estilo" teve uma hora que as donas francesas simpáticas do "Lista Perfeita" estavam explicando como funcionava sua loja e sairam perguntando para os convidados o que eles gostariam de ganhar de presente de casamento... teve de tudo: adega, conjunto de taças, lua-de-mel, máquina de fazer pão... e a Cris torcendo para que a Sandra (a que estva com microfone) não viesse falar com ela... mas também pensando em alguma resposta no caso do pior... que acabou acontecendo:

Sandra: E Você? Gostaria de ganhar que presente de casamento?

Cris: Acho que eu queria ganhar livros de receitas...

Sandra: (sempre sorrindo) Muito obrigada...

Ah... é criativo, não é? Não queria falar pratos, copos, panelas... essas coisas todo mundo quer ganhar em algum momento... e livros de culinária são tão caros! Os do Jamie e da Nigela custam uns R$80,00... nossas queridas conterrâneas Ofélia e Dona Benta também estão por aí... ah, mas tem uns da Cordon Bleu tão lindos que não saem por menos de três dígitos...

Sim, também existem sites e mais sites cheinhos de receitas bacanas por aí... o Panelinha, o Tudo Gostoso, o da Ana Maria Braga... ah... mas o Rainhas do Lar é o melhor! Foi o primeiro blog que a Cris virou fã e que, diga-se de passagem, é o lugar mais gostosinho da internet porque a Faby e a Katita são tudo: criativas, carinhosas, atenciosas, divertidas... rainhas! Poderia ficar um post inteiro falando delas, mas vocês iriam se entediar... melhor mesmo é ver o blog delas!

Bom, voltando para os livros, estava falando que tem todas as receitas possíveis e imagináveis na internet: é só colocar no Google que ele te responde. Mas nada como ter seu livro, não? Melhor ainda se ele for cheio de fotos e colorido! Imagina você, na sua nova cozinha, com os ingredientes já separados nas tigelinhas que nem na Ana Maria Braga, fazendo o jantar para seu querido marido-novo, seguindo a receita do seu lindo livro de culinária... certeza que as comidinhas vão ficar mais gostosas! (heim?!)
Imagem: Getty Images

Só tem que tomar cuidado para não sujar seu livro bonito com ingredientes voadores... os livros de receita da Cris são todos "carimbados" com vários ingredientes desses... mas já pensou se você está com seu laptop na cozinha?! Xiii... viu só como é melhor o livro? Aí você diz que não, que é só imprimir a receita! Tudo bem, mas ficar imprimindo toda vez não dá, nee... e a Cris ia ficar louca por não conseguir organizar bonitinho as várias receitas tiradas de lugares diferentes... ia sim...

Momento Cris
Não tenho pretenção de virar escritora, muito menos lucrar escrevendo sobre nosso casamento... acho que o Marcio também não, mas vai saber, tem que juntar dinheiro para a lua-de-mel-volta-ao-mundo que ele está planejando, nee... Mas está sendo bem divertido ficar pensando no que escrever, tirar fotos para o blog, ver se alguém deixou comentário (nossos leitores devem ser tímidos)...

Fazia tempo que eu não precisava ficar pensando em coisas como "tigela é com g ou com j?" ou "o têm continua com acento ou já era?"... está sendo um bom treino de Português pelo menos. Além disso, ter que pensar em como escrever para que as pessoas entendam direitinho o que eu quero passar também está forçando meu meio-neurônio enferrujado a trabalhar mais.

Mas uma coisa legal que o James disse e que eu não tinha me tocado é que escrevendo um blog você deixa sua marquinha no mundo, mesmo que seja neste mundo virtual. Não chega a ser um livro mas é uma forma de você afirmar a sua existência nesse mundinho que está ficando cada vez mais cheio de gente, cada vez mais impessoal e cada vez mais difícil de se encontrar.

E depois que a gente lotar a "Pasta Casamento"? Provavelmente vou sentir falta dos preparativos e do blog porque sou uma taurina que se apega muito fácil às situações (a verdade é que eu me apego muito fácil a tudo) mas também gosto de saber que vai ter um fim certo. Adoro certezas! Fico mais tranquila e consigo aproveitar melhor.

Eu aprendi com o Marcio que é muito gostoso planejar as coisas, sejam viagens, sejam eventos, sejam as nossas vidas. Que se temos tudo planejadinho conseguimos aproveitar melhor todos os momentos e contornar os imprevistos que aparecerem no caminho. E que se temos alguém junto é mais gostoso planejar e mais confortante quando nos sentirmos perdidos!

♥!

Quer casar com estilo?

18 de maio de 2010

Sábado passado foi o "Quer casar com estilo", evento promovido pela Lista Perfeita e pela Alligare Wedding Planner no Araguari Espaço&Eventos, que a gente já falou aqui. Foi mais um "evento para noivas(os)" que rolam pelos blogs casamentícios que a Cris foi sorteada. Ah se ela tivesse a mesma sorte na Mega-Sena...

Como ela ficou sabendo na semana do evento e o Marcio não poderia ir junto porque já tinha encontro marcado com a Jussara*, a Yumi foi a eleita para fazer companhia desta vez. Yumi, Yumizinha para a Cris (que deve ser a única que a chama assim), é a companhia certa para eventos marcados em cima da hora, compras de Natal no dia 24 de dezembro e programas de índio que o Marcio não quer acompanhar a Cris: "Por que você não vai com a Yumi?".

Não comentamos aqui mas há algumas semanas fomos ao evento "Fala Noiva" promovido pelo blog Véu de Noivas da Sabrina Lauton e pela Puntuale que faz o Dia da Noiva "em domicílio". Nesse o Marcio foi, mesmo sendo numa terça-feira à noite. O intuito desses eventos é, além de dar informações aos noivos de primeira viagem, fazer divulgação de serviços e fornecedores. O "Fala Noiva" foi um coquetel com apresentação ao vivo de uma orquestra, a Versolato, e desfile com seis vestidos de noiva da estilista Flávia Galli. Fornecedores diversos ficavam espalhados pelo local apresentando seus produtos e no final do evento ainda teve sorteio de serviços e brindes.

Achamos que o Fala Noiva foi um pouco tumultuado. Fato é que tinha muita gente. O Marcio chutou umas cem pessoas num espaço de 80 m², talvez. Tivemos que comer em pé, segurando bolsas, copos e um monte de coisinhas, não dava para andar direito pelo local, assistimos o desfile na porta do auditório lotado, quase saindo dele, e era quase impossível falar com os fornecedores porque eles também pareciam estar meio perdidos. Talvez esse tenha sido o intuito do evento, juntar todo mundo no mesmo lugar sem "palestras" ou lugares fixos e nós que não soubemos aproveitar... é, talvez Marcio e Cris que gostam do "bonitinho e organizadinho" ficaram perdidos nesse evento bem "informal".

Já o "Sarau das Noivas"e o "Quer casar com estilo" foram bem organizados, todos podiam se sentar e ver o que acontecia no local, havia uma programação, os fornecedores apresentam o seu trabalho e os participantes tinham abertura para fazer perguntas, os garçons estavam em número suficiente e o serviço era impecável. E nem por isso deixaram de ser descontraídos ou divertidos. Vai do gosto de cada um.

A Yumizinha disse que poderia participar de eventos assim todo final de semana (?!). Mas é que tem várias coisas legais mesmo: você come muito bem, conhece o trabalho de vários fornecedores de uma vez só, tira suas dúvidas, ganha um monte de "mimos" (bloquinhos, revistas, doces, etc.), tudo isso num ambiente com pessoas que estão no "mesmo barco" que você e regado a muito prosecco. Ah sim: sem pagar nada.

E é bem coisa de São Paulo, não? Querer eventos que facilitem a vida das pessoas, poupando trabalho e tempo: tudojuntoaomesmotempoeagora. Eu entendo lhufas de eventos mas deve ser por isso que tem tantas feiras e exposições de tudo quanto é coisa por aí.

E nesta semana vamos à Casar 2010, feira de noivas "chic" que acontece no Terraço Daslu. Acho que vai ser bem divertido!

* Jussara = amante do Marcio. Eles se encontram toda semana às quintas-feiras e aos sábados a cada quinze dias.

Contagem Regressiva: 14 meses

17 de maio de 2010
Imagem: Getty Images

O que temos até agora?

A data do casamento, o local da cerimônia religiosa, o reverendo que vai nos casar... e milhões de idéias para o resto!

Ou seja, neste último mês só fizemos pesquisas e decidimos nada...

Ah... mas a gente ainda tem bastante tempo, nee... (sei...)

Suculenta

14 de maio de 2010

Dia desses, ao telefone:

Cris: Como era o vasinho da suculenta?

Marcio: Era uma xícara, com alça.

* silêncio *

Marcio: ... suculenta é planta?

Cris: É sim...

Marcio: Então ela é viva?!

Cris: É, Amorzinho... (segurando o riso) ela é viva sim.

Marcio: Puxa... não sabia...

Cris: ... (se acabando de rir da descoberta do Marcio)

Casa Petra

13 de maio de 2010
Imagem: Casa Petra

A Casa Petra é perfeita!

A aproximadamente 3 km da Catedral Anglicana, uns 10 minutos de carro, fica pertinho do Shopping Morumbi, na rua em frente ao Teatro Vivo. Se for pela local da Marginal Pinheiros talvez seja até mais rápido. A fachada é bem moderna e clean e o salão é ótimo: 1000 m² de espaço livre, sem divisórias ou colunas, 6 metros de pé direito, hall de entrada bem grande também, mil opções de montagem. Abriga tranquilamente todos os nossos convidados sentados e ainda sobra espaço para pista e lounges.

O espaço tem serviço de assessoria personalizada que ajuda na elaboração e produção dos eventos, de acordo com o perfil do cliente, indicando opções e fornecedores credenciados e acompanhando todo o processo do começo ao fim. A Fabiana, que nos atendeu desde os eMails, apresentou todo o espaço, mostrou fotos e nos explicou direitinho o funcionamento do lugar. Até ganhamos uns docinhos! ♥

Imagem: Casa Petra

Bom, na verdade, a Casa Petra é quase perfeita... é que ela se enquadra na categoria dos "espaços para eventos perfeitos e caros"... mais de R$20.000,00 pela locação do espaço pelado é muita coisa! Pelo menos para Marcio e Cris... no sábado ia ter uma festa de 15 anos, com decoração em preto e vermelho e milhares de rosas e tulipas vermelhas espalhadas, pista de dança adesivada (com adesivo decorado delimitando a pista no chão), bar de caipirinhas com bebidinhas especiais para os menores de 18 anos... se a festa de 15 anos da criaturinha é lá, com tudo isso, imaginem só como vai ser o casamento!!

Ah... mas 15 anos ela tem certeza que vai fazer... já casar... hehehe... maldade, nee...

Próximo!

Casa Petra
www.casapetra.com.br
operacional@casapetra.com.br

Rua Prof. José Leite e Oiticica, 237
Brooklin Novo São Paulo SP
11.4111.1454 / 11.5506.2231 / 11.7863.2936

Contato: Fabiana Santos


Lua- de- mel

12 de maio de 2010


Tão importante quanto o planejamento do casamento é a Lua de mel!

Este assunto é de responsabilidade quase exclusiva do noivo deste blog, e por isso ele irá relatar os preparativos. Cabe a Cris dizer: aprovo ou não aprovo. Percebi desde já que é a mulher que manda na relação hehehe (bem que todos me avisaram!).

Gosto muito de viajar, apesar de não ter ido a muitos lugares. Gosto muito também é de planejar a viagem, independente de onde seja... às vezes acho mais legal que a própria viagem. Entro na internet, vejo os comentários de blogs, TripAdvisor (recomendo muito), leio livros de turismo... a Cris fala que se eu não fosse médico seria agente de turismo. Para ter uma ideia tenho três roteiros de viagem (hoteis, atrações turisticas, etc.) prontos, mas engavetados por falta de tempo e de verba.... sonhar não tem preço..... Por isso acho que é a melhor parte do planejamento do nosso casamento!

Bem... quando decidimos casar em julho em homenagem ao mês de aniversário de nosso namoro, não percebemos que entramos em uma armadilha. Pensa bem... quem tira férias em julho... as crianças! Por isso, tudo relacionado ao turismo é mais caro no Brasil neste mês... mas tudo bem...

A primeira pergunta a ser respondida ao planejar uma lua de mel é : praia ou campo?
De todas as viagens que fiz com a Cris durante o nosso namoro apenas uma foi na praia (mais exatamente em Bertioga.... por isso, até hoje a Cris insiste em voltar lá). De vez em quando fazemos um bate-volta para Guarujá, Santos, mas sem sombra de dúvida gostamos muito do campo. Alias quem quiser dicas de hoteis no campo temos uma penca de opções!

A opção mais óbvia seria o campo, mas primeiramente decidimos escolher a praia pois seria algo diferente para nós....

Praia em julho no Brasil só no Nordeste, mas lembramos das inúmeras crianças com seus pais de férias tirando o sossego do casal recém casado.... não é uma boa..... Caribe então!

Pois bem, a época dos furações no Caribe é entre os meses de junho e novembro e vamos casar em .... julho.... que puxa.... Segundo os sites de estatísticas em furação, o pico ocorre mesmo entre os meses de agosto, setembro e outubro, mas quem quer arriscar uma viagem tão especial? Eu não! As únicas ilhas fora da rota do furação no Caribe são Aruba, Bonaire e Curaçao, mas aqui tem um problema que vou dizer após o consentimento da Cris que nos fez desistir dessas ilhas....

Ai sobrou: Havai, Polinésia francesa, Mediterrâneo..... que dúvida cruel......

To be continued....

upperclub e Villa Noah Embratel

11 de maio de 2010
Imagem: upperclub (La Luna Club)

Imenso: só o salão deve ter uns 500 m² mas dá a impressão que é muito maior por causa do pé direito de quase 10 m! Deve ser o maior que a gente encontrou até agora. E tudo isso sem as colunas e divisórias que o Marcio tanto abomina. Abriga tranquilamente 400 pessoas sentadas e pista porque o ponto de buffet e o palco ficam "fora" da área central.

A gente deu umas voltinhas a mais para chegar porque o Google Maps não sabia que a rua era mão única em um trecho, mas não demoramos mais de 10 minutos para percorrer a distância de 3,5 km da Catedral Anglicana até o upperclub que fica bem pertinho da Marginal Pinheiros e do Parque Panamby). Nessa nossa voltinha passamos em frente ao Villa Noah Embratel, o espaço para eventos do grupo da Chieko Aoki, a senhorinha simpática dona do Blue Tree Towers, sabe?



Nós cogitamos o Villa Noah também por ter uma boa localização e por ser um espaço bem grande com muito verde, mas acabamos deixando de lado porque, além do valor da locação do espaço de R$15.000,00, eles tem serviço de buffet exclusivo do Noah Gastronomia (sugestivo, não?) a partir de R$124,00 por pessoa.

Esclarecendo: R$15.000,00 é um valor alto mas aceitável para locação de espaço. Idem para o R$124,00 por pessoa do buffet (sempre lembrando que "alto", "baixo", "caro", "barato", etc. são opiniões de Marcio e Cris). O "problema" são os dois juntos. Normalmente, quando é só a locação do espaço como o uppercluclub faz, o valor é alto porque é onde eles tem que lucrar; quando o local tem serviço de buffet exclusivo, normalmente o valor da locação é mais baixo e o valor do buffet por pessoa nas alturas, como o caso do Buffet Mansão Cidade Jardim que a gente visitou outro dia.

Voltando ao upperclub, ele é como se fosse um "irmão mais novo" mais moderninho do La Luna Club do Butantã, o campeão do nosso ranking de "espaços bonitos e caros". Ele existe a apenas 2 anos e, por isso mesmo, tem um pacote de divulgação que chama "serviços upper wedding" que engloba, além da locação do espaço, a decoração, serviço de buffet, valet, som e iluminação com fornecedores credenciados que fazem preços mais baixos que o normal.

No dia, o upperclub estava começando a ser montado para uma festa mais à noite e estava meio "frankenstein", mas o Wesley, com quem fizemos o contato e orçamento, apresentou o local todinho e nos mostrou várias fotos com opções de montagem para eventos, disse que no sábado que vem teria um "casamento upper wedding" e que era para a gente ir ver a decoração porque o espaço decorado é ooooutra coisa. Ah! Ele disse que pode tirar fotos! Eba!


upperclub

www.lalunaclub.com.br
orcamento@lalunaclub.com.br

Rua Carmo do Rio Verde, 83
Santo Amaro São Paulo SP
11.5641.4378 / 11.3815.1500

Contato: Fernanda/Wesley


Villa Noah Embratel
www.villanoah.com.br
eventos@noah.com.br

Rua Castro Verde, 266
Santo Amaro São Paulo SP
11.2179.3400 / 11.2179.3422

Contato: Erica Nishizaki

Um mar de opções

10 de maio de 2010
Neste final de semana conhecemos dois espaços para eventos e assistimos três cerimônias de casamento na Igreja São José para ver o trabalho do coral. Na verdade, era para assistir uma cerimônia só mas, como chegamos bem cedo, pegamos metade de uma anterior e ficamos para uma depois porque a gente "já tava alí mesmo".

Se vocês se lembram, sábado à tarde choveu muito e forte e, se não fosse o guarda-chuva portenho do Marcio, os dois teriam se molhado mais ainda. Mas deu tudo certo, fizemos tudo que havíamos planejado e ainda comemos frango no Galeto´s.

Momento Cris
Esse negócio de virar "noivos procurando fornecedores" é uma maratona só. Talvez a gente esteja fazendo da maneira mais trabalhosa que é escolher cada um dos itens de todas as opções que existem em São Paulo, mas é porque a gente quer poder ter a liberdade de escolher aquele que achamos melhor para nós e para nossos convidados.


A maioria dos fornecedores trabalham com outros credenciados, limitando assim as opções de escolha. O lado bom disso é que diminui o risco de dar algum problema entre eles, uma vez que já se conhecem e sabem como cada um trabalha. O lado ruim é que o contratante (a gente!) raramente vai saber se essas foram as melhores combinações e, na pior das hipóteses, se todos foram honestos conosco.

Mas e aí? Também não dá para ficar desconfiando de todo mundo, nee... e é claro que só com alguns contatos é impossível saber se aquela pessoa é honesta ou não e se vai trabalhar direitinho no dia... imprevistos sempre acontecem, com todo mundo. Por isso, a gente tem que saber escolher aquele em que a gente possa confiar e torcer para que tudo dê certo...

... e vai dizer se a Cris consegue fazer isso... nem, ó... ela não confia nem nela mesmo, quanto menos em pessoas que acabou de conhecer. Mas ela tem uma arma secreta: sua intuição. Ohhhh... (?!) Aquela história que diz que "intuição feminina não falha" pode até não funcionar de vez em quando mas, quando a Cris implica com uma pessoa, raramente (para não dizer nunca) ela muda de ideia com o tempo.

Para agravar a situação, tanto Marcio como Cris são indecisos (já disse isso?)... o Marcio ainda tem seus "indicados" e "descartados" à primeira vista mas, quando os indicados são muitos, ele fica oscilando entre eles e fica difícil escolher o melhor. Já a Cris é um caso perdido a ponto de jogar tudo para o alto e procurar seu "amor à primeira vista" só para não precisar escolher... aí junta os dois e a coisa empaca.

Já faz dois meses que começamos nossos preparativos e o único item definido é o local e data da cerimônia religiosa. Tudo bem que fizemos muita pesquisa de locais, buffets e outros itens, além de conhecer um pouquinho sobre o funcionamento deste vasto "mundo dos casamentos" mas, neste ritmo, os 16 meses não serão suficientes para preparamos o nosso "casamento dos sonhos", cheio de detalhes e com a nossa cara.

E a escolha do local é tão importante! Será que não é o mais importante? Ah... é sim! Dizem que o resto é bem mais fácil... talvez escolher os docinhos seja um "sacrifício", mas não vai influir tanto no resto, nee... e como o inve$timento é alto, um monte de gente quer pegar noivos inocentes e desprevenidos...


É... querer achar tudo perfeito e do nosso gosto está sendo difícil... muito provavelmente precisaremos ter orientação de um profissional ou alguém com experiência em eventos para traduzir o que a gente sonha e nos ajudar a concretizar nosso casamento a tempo e sem surpresas desagradáveis...

Mega-sena

8 de maio de 2010

Desde o 3º ou 4º mês de namoro, Marcio e Cris apostam na Mega-Sena: todos os jogos. Não queria ter que fazer essas contas para não ficar triste pelo dinheiro já gasto mas, já que estamos aqui para contar quase TUDO, lá vai:

- Marcio e Cris apostam os mesmos jogos desde então: um que o Marcio escolheu seis números e outro que a Cris escolheu seis números também;

- se considerarmos que Marcio e Cris começaram a apostar na Mega-Sena a partir do concurso 700, como hoje estamos no concurso 1176, são 476 multiplicados por dois jogos cada concurso, resultando 952 jogos feitos;

- teve uma única vez que acertamos a quadra mas, como não era uma valor grande acumulado, recebemos menos de R$150,00;

- não consideramos as vezes que a gente se esqueceu ou não conseguiu apostar, nem as vezes que apostou nos concursos extras (como aqueles de fim de ano);

- as apostas para o concurso 700, do dia 21/09/2005, custavam R$1,50 cada uma;

- a partir do concurso 983 até o concurso 1106, o valor das apostas era R$1,75;

- a partir do concurso 1107 as apostas passaram a custar R$2,00, valor praticado até hoje;

- do consurso 700 até o concurso 982 foram gastos R$846,00;

- do concurso 983 até o concurso 1106 foram gastos R$430,50;

- e do concurso 1107 até o concurso 1176 foram gastos R$276,00;

- somando tudo isso temos: R$1552,50.


Mil quinhentos e cinquenta e dois reais e cinquenta centavos!! Tudo bem que se a gente acertar os 33 milhões de hoje, vai ter valido a pena o investimento, maaaas... é uma quantia razoável...

Enfim, continuamos apostando para ver se um dia a gente acerta... melhor, continuamos apostando até o dia que acertaremos a sena!

Uma das coisas mais bobas mas gostosas que a gente gosta de fazer quando a Mega-Sena tá bem acumulada, tipo um 30 ou 40 milhões, é ficar planejando o que a gente vai fazer com o dinheiro... tem a parte que vai para nossos pais (e eles decidem como vão dividir entre os outros filhos), a parte que vamos doar para instituições de caridade e afins, a parte que vai para a poupança e, com certeza, a parte que vamos usar para casar, porque casar não é só o casamento, mas também a lua-de-mel, o apartamento, o cachorro...

Se a gente ganhar uns 50 milhões (já aumentou?!), com certeza a gente vai fazer um super-casamento de dia em um super-resort reservado só prá gente e os convidados teriam diárias completas para o final de semana e o vestido da Cris seria da Wanda Borges e o Marcio teria seu super-terno Armani e madrinhas e padrinhos ganhariam presentinhos Tiffany e o champagne seria Veuve Clicquot Rosé e as lembrancinhas seriam da L'Occitane e...

... melhor esperar a gente ganhar mesmo os tais milhões para continuar com esse planejamento... enquanto isso não acontece, vamos aproveitando a sorte no amor... ;)


Curiosidades sobre a Mega-Sena:
- Você deve escolher de 6 até 15 números, entre os 60 disponíveis em cada cartela;
- os sorteios acontecem duas vezes por semana, às quartas-feiras e aos sábados;
- os números são sorteados em dígitos separados, que formam um número decimal de dois dígitos, de 01 a 60. A primeira gaiola tem esferas variando de 0 a 5 para o primeiro dígito, e a outra tem esferas variando de 0 a 9 para o segundo. O número 00 corresponde ao 60;
- ao imposto de renda correspondem 13,8% de todas as apostas;
- os vencedores têm 90 dias para retirar seus prêmios, apresentando o bilhete correspondente em casas lotéricas (se o prêmio for de até R$ 800) ou agências da Caixa Econômica Federal (para premios superiores a R$ 800,00). Se o período de 90 dias expirar, o dinheiro do prêmio será transferido ao Tesouro Nacional e investido em programas educacionais;
- os sete números mais sorteados: 41 (132 vezes), 5 (129 vezes), 33 (129 vezes), 42 (127 vezes), 16 (125 vezes), 24 ( 125 vezes), 51 (125 vezes);
- os seis números menos sorteados: 26 (82 vezes), 9 (89 vezes), 39(91 vezes), 55 (95 vezes), 22 (96 vezes), 14 (97 vezes).

Fonte: Wikipédia

Alianças e Anel de Noivado

7 de maio de 2010
A fotinha que ilustra o primeiríssimo post deste humilde blog e nosso atual perfil é do anel que o Marcio deu para a Cris no momento do "pedido de casamento". É um solitário lindo lindo que tem o nome dos dois gravado, o "anel de noivado"... *suspiro*


Quando completaram seis meses de namoro, Marcio e Cris, no auge do "apaixonamento", decidiram usar "anel de compromisso", daqueles prateados que os namorados costumam usar. Mas, no caso deles, talvez o termo "aliança de compromisso" seja melhor porque não eram só anéis, mas alianças de verdade (existe de mentira?!), com nome gravado, com certificado e garatia eterna.

Imagem: Vivara

Elas têm até nome: True Love. Sugestivo, não? São feitas em ouro branco com acabamento fosco e detalhes polidos. São as que achamos as mais bonitas de todas as lojas que vimos e continuamos vendo. O único porém é que elas são assim, que nem na foto, só durante algumas semanas, até que o fosco acaba saindo e o ouro branco vai ficando meio champagne (porque "amarelado" não é um adjetivo bonito para uma jóia, nee...). Aí tem que levar de tempos em tempos para dar banho de ródio e refazer o acabamento (a tal da garantia eterna) mas demora quaaase um mês...

Quando "chegou" o anel de noivado, o Marcio até tirou as nossas alianças e guardou na caixinha, dizendo que elas haviam cumprido uma fase de nossas vidas. Mas a gente não aguentou de saudades e voltou a usar (olha o apego!). Então elas continuam lá no anular direito dos dois e o "anel de noivado" no anular esquerdo da Cris, mesmo ainda não sabendo se são "alianças de compromisso" ou "alianças de noivado"...

Tem um post bem explicativo no Vestida de Noiva sobre esses anéis todos, a diferença no significado deles dependendo das pessoas e as opções de uso. A Cris, que se apega facil e rapidamente à tudo, já criou um vínculo afetivo muito forte com essas alianças e é difícil imaginar a vida sem elas (ô exagero!). Pôxa! O dedo já tem a marquinha de onde ela fica e até um calinho apareceu na palma da mão por causa dela... vai ser difícil acostumar com outra...

Imagem: Vivara

Há rumores de que elas realmente poderão ser substituídas com a proximidade do casamento, seja por outro modelo, seja por outro material. Uma forte candidata é a mesma aliança só que em ouro amarelo. Mas só o tempo e o Marcio vão poder dizer... porque se depender da Cris-teimo-em-ser-taurina, elas não precisam mudar...

Presente dos sonhos

5 de maio de 2010
A noiva se levanta pela manhã, liga para o noivo e lhe diz:

- Amorzinho, tive um sonho maravilhoso. Sonhei que você me dava um colar de diamantes no meu aniversário. O que será que isso quer dizer?

No que o noivo responde:

- Você vai saber no dia do seu aniversário.

Chega o aniversário da noiva e o noivo entra em casa com um pacote na mão. A noiva emocionada não consegue parar de tremer as mãos, rasga nervosa o papel, abre rapidamente a caixa e encontra um livro entitulado: "A Interpretação dos Sonhos".
Fonte: Site Guia de Casamento adaptado pela Cris

Ah... mas se for a a edição comemorativa de 100 anos da "Interpretação dos Sonhos", eu aceito! :)

Matéria sobre casamentos no Fantástico (02/05/2010)

3 de maio de 2010

Noivos caem em golpe e família tem de servir convidados em casamento
Isso acontece quando o bufê que você contratou simplesmente não cumpre o prometido. É triste, mas tem acontecido em São Paulo.

Trecho da matéria:
(...)

Uma festa de casamento é cheia de detalhes: decoração, bufê, docinhos, bolo, música. E justamente para não ter dor de cabeça, alguns casais contrataram uma assessora, só que essa pessoa que deveria ajudar acabou atrapalhando muito.

(...)

Pelo contrato, Márcia (Wendell) era responsável pelos salgados, pelos doces e pela bebida da festa. Não entregou nada. As imagens da festa mostram que os pais dos noivos, padrinhos e convidados tiveram que cozinhar, servir as mesas e depois até lavar os pratos.

O vídeo da festa mostra outros problemas: os convidados já tinham chegado e funcionários ainda pregavam a cortina, passavam com escada e caixas. Parte da decoração estava espalhada na grama.

“Os meus pais estavam muito envergonhados. Eu ia cumprimentar meus tios, eles estavam chateados”, diz Andrea.

Márcia chegou a confirmar duas vezes que falaria com o Fantástico. Mas, depois, por telefone, cancelou a entrevista e não apresentou defesa sobre as acusações.

“Eu não vou expor minha imagem”, justificou.

(...)

Comentário da Cris:
- Bruxa!


3º Sarau das Noivas - Posts do Vestida de Noiva

2 de maio de 2010
Bate-papo sobre cerimonial

Sairam os tão esperados posts com as fotos oficiais do evento no Vestida de Noiva. Eles estão, divididos em seis partes: aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui, ufa! As fotos são de Fabio Laub, o mesmo que fez as do casamento da Fernanda Floret, autora do blog. Aliás, tirar boas fotos é um dom, não acham? Não adianta só gostar e ter técnica, mas também é preciso ter uma aptidão para a coisa... desses três itens, a Cris só tem o "gostar"...

O Fabio é uma das opções do Guia de Noivos da Catedral Anglicana mas, espero que ele nunca leia isso, o trabalho dele não tinha despertado interesse só por seu site. Nesta nossa super busca em tempos modernos por fornecedores, ter um site bonito, prático e atrativo é um ganho e tanto! Marcio e Cris, pelo menos, elegem os indicados principalmente pela qualidade do site deles, quando são fornecedores totalmente desconhecidos.

Agora, conhecendo melhor seu trabalho e, o mais importante, conhecendo melhor a simpatia e bom humor do Fabio, ele se tornou um indicado muito forte da categoria fotos. É um pouco triste saber que poderíamos ter ficado sem ele só por essa questão do site mas, tamanha concorrência que existe principalmente em cidades como São Paulo, a gente depende muito das dicas, sugestões e indicações dos conhecidos para encontrar bons fornecedores. Ah sim, e de um site bacana também.

Comidinhas da Oliva Pink


Cris anotando as dicas sem esquecer de se alimentar... ;)


Bia da Loja dos Noivos, Fernanda do Vestida de Noiva e Camila da Compagnie


Bouquet da Fleur d'épices sobre caixinhas Caixa com Arte


A maior concentração de noivas chics de São Paulo!


Imagens: Fabio Laub no Vestida de Noiva
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...