Cris vs Atividade Física

21 de outubro de 2010

Imagem: Getty Images
Como eu não gosto de fazer exercícios!

Desde os tempos de colégio, sempre fui da turma que fugia das aulas de Educação Física. Nunca entendi como podia ter gente que gostava daquela história de ir para a quadra fazer qualquer coisa que seja: correr, ginástica, jogar handball... achava uó!

Também, pudera: eu sou muito descoordenada para fazer qualquer atividade física. Se me mandam jogar vôlei, mal consigo fazer a bola passar para o outro lado da rede; se é basquete, não consigo bater bola duas vezes seguidas antes dela sair rolando para o outro lado; se me põe para correr atrás da bola, ou eu tropeço nela ou a gente vai para o nada; se me põe no gol, eu me esquivo quando vem a bola com medo que ela me acerte - mas ela acaba acertando o gol, nee...

... enfim, não dá. Nem sei como consegui tirar carteira de motorista... e dirijo por aí! Olha o perigo...

Bom, outra coisa que me incomoda nos exercícios é que eu suo muito. Se só de andar no sol já tenho que pegar um lencinho para não ficar pingando, imagina quando estou fazendo um exercício físico! Vixi... eu fico inconformada com o Marcio que pode correr uma maratona que ainda vai estar sequinho, como se nada tivesse acontecido.
 
Mas a Cris-acupunturista-nutricionista-mãe-do-spoc (que a cada dia nomeio mais atribuições) disse que com as dietas malucas que eu faço, eu posso até não ganhar peso, mas que para emagrecer eu preciso fazer exercícios. Cinco vezes por semana, pelo menos. Eles me perseguem.

Aí eu fico num dilema só: quero ser uma noiva bonita e com tudo no lugar, mas não queria precisar me acabar na academia - sim, porque eu me canso só de pensar naqueles aparelhos todos.

Só uma única vez na minha vida eu pratiquei atividade física por um período razoável e essa atividade foi correr: essa, pelo menos, não precisa ter muita coordenação motora para fazer, nee... E eu até que gostava da coisa. Nem sei ao certo porquê. Talvez porque eu estivesse mais magra e mais leve, o que tornava o exercício mais gostoso. Ou porque a Yumi me fazia companhia nas minhas "maratonas" pela USP, subindo a Rua do Matão no pique... afe... me canso só de lembrar. Na verdade, acho que tinha colocado na cabeça que ia correr para ficar bonita e saudável, coisa que eu não estava me achando.

Tudo bem que agora também não estou me achando nada bonita, tampouco saudável. E tenho um objetivo importante o suficiente que é me sentir bem no dia do nosso casamento. Mas, e a força de vontade, heim? Cadê? Não vai ter dieta, ginástica, academia ou companhia milagrosa que resolva isso se eu não me empenhar. Eu sei.

Eu sei... mas eu ainda não me animei... que caia uma inspiração divina na minha cabeça, por favor!!

Cabruuuum!!


Cris, histericando

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...