Marcelo Piazza

24 de setembro de 2010

Imagem: Marcelo Piazza
Adoro quando quem nos recebe nessas reuniões com os fornecedores é o dono da empresa! Os vendedores são simpáticos sim, divertidos, sabem apresentar todos os detalhes que precisamos saber, sabem responder todas as perguntas sem pé nem cabeça que eu faço, têm tudo preparado, enfim, são ótimos. Os donos, muitas vezes, são bons no que fazem, na sua especialidade, mas não são tão bons para atender clientes como os vendedores que são só vendedores. Só que eu tenho uma admiração pelas pessoas que fazem questão de apresentar seu produto com orgulho e amor pelo que fazem, mesmo que não sejam experts em apresentações.

A reunião que tivemos com o Marcelo Piazza foi agradável e tranquila. O Marcelo pareceu bem zen, diferente da imagem de DJ que eu tinha - sempre imaginei esse tipo de profissional agitado e falante, além de ser depojado e meio "mano", até. Coisa da minha mente criativa. Mas o Marcelo nos recebeu em seu escritório e nos apresentou detalhadamente seu trabalho num clima bem tranquilo de conversa.

O forte da M. Piazza são os equipamentos de primeiríssima linha, todos importados e capazes de atender eventos do mais alto nível de sofisticação. Telões, plasmas, pistas de LED... coisas que eu nunca havia imaginado ou só visto em progamas da tv a cabo. Também têm muitos clipes, das músicas e dos eventuais filmes em que elas foram utilizadas, ele disse que muitos são clipes exclusivos que não estão disponíveis por aí, para passar nos telões sincronizadamente. Eu gostei bastante e achei que é legal poder ver o clipe e lembrar do filme enquanto você dança. Eu vivo perguntando para o Marcio "da onde eu conheço essa música mesmo?".

O Marcelo nos contou também que já esteve no Japão e ficou surpreso com a tecnologia muito evoluida nesse campo de "som, luz e video" necesários para animar um evento que contrasta com a valorização da cultura milenar que os japoneses têm. E eu e o Marcio nem nos sentimos orgulhosos do país de nossos antepassados, nee...  ;)

Falando em japoneses, eu pedi uma sugestão para o Marcelo sobre o que poderíamos fazer para ter uma festa legal para eles também. Ele disse que é inevitável mesmo que algumas pessoas vão embora após o jantar, mas que isso era independente de serem japoneses ou não. E uma sugestão que ele deu e que nós adoramos foi de tocar as "músicas japas" duante o coquetel ou jantar, mesmo que sejam só algumas para fazer um agradinho ao povo. Não é uma ótima idéia? Já estamos pensando nas músicas para o repertório...

É cansativo sim visitar vários fornecedores de um mesmo item, mas agora eu tenho certeza de que isso é importante tanto para comparar os serviços e preços como para ter ideias, inspirações  e soluções para nosso casamento. Tudo bem que tem um monte de coisa na internet, nos sites e blogs da vida, mas uma conversa com profissionais consegue ser muito mais precisa e rica em informações, como se fosse um "tira-dúvidas" diretamente com quem melhor entende do assunto. E, cá entre nós, os fornecedores que a Eriquinha nos apresenta são escolhidos para nosso perfil da nata do mercado de casamentos. 


Cris, orgulhosa até


M. Piazza Produção de Eventos
www.marcelopiazza.com.br
piazzasom@marcelopiazza.com.br

Rua José dos Santos Junior, 165
Brooklin  São Paulo  SP
11.5535.3605

Contato: Marcelo Piazza

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...